• Equipe Fabio Rocha

Divisória Articulada (ou retrátil): flexibilidade e máxima utilização de espaços


Se o objetivo é aproveitar todas as possibilidades de uma área - com a garantia de flexibilidade, integração ou isolamento, uma solução é o uso das divisórias articuladas ou retráteis. Rapidamente, uma sala de treinamento grande se transforma em duas salas de reuniões menores, pela simples abertura dessa parede divisória, ou o inverso: vários ambientes podem se transformar em um só num passe de mágica.

Além de práticas, as divisórias ampliam as opções de mudanças no layout do escritório, trazendo economia na hora de repaginar a planta da empresa. Há diversas opções no mercado, desde as mais simples, feitas em MDF, às mais requintadas, com acabamento sofisticado, feitas em tecido ou vidro duplo, com persianas entre vidros. Os modelos vão do piso ao teto e se dividem em vários painéis com área de armazenamento nos cantos, como o que foi desenvolvido pela Fabio Rocha Arquitetura para uma indústria química.

Fabio Rocha, arquiteto responsável pelo projeto, explica que as divisórias articuladas são soluções de flexibilidade. “Para a DOW, a obra foi desenvolvida visando a integração de duas salas, uma menor e outra maior, em momentos de confraternizações ou reuniões com muitas pessoas. Como o perfeito isolamento acústico não era prioridade, nós optamos por um método mais artesanal, feito em marcenaria”, explica.

Antes de começar a derrubar paredes, seja em casa ou no escritório, consulte um arquiteto e, juntos, procurem a melhor solução disponível, priorizando que seus ambientes se adaptem às suas necessidades, e não o contrário.

#arquiteto #arquitetura #divisória #divisóriaarticulada #projetos #obra #divisóriasarticuladas #divisoriaretratil #MDF #escritório #persianas #arquiteturacorporativa

108 visualizações